O Papa Francisco nomeou Bispo do Funchal Sua Excelência Reverendíssima D. Nuno Brás da Silva Martins, até agora Bispo titular de Elvas e Auxiliar de Lisboa.

A Conferência Episcopal regozija-se com esta nova missão episcopal que D. Nuno Brás vai assumir ao serviço da Igreja na Madeira e Porto Santo, e agradece a D. António Carrilho toda a dedicação pastoral ao povo de Deus que aí lhe foi confiado até este dia em que o Santo Padre aceitou a sua renúncia.

D. Nuno Brás foi nomeado por Bento XVI no dia 10 de outubro de 2011 como Bispo Titular de Elvas e Auxiliar do Patriarcado de Lisboa.

Nasceu a 12 de maio de 1963 no Vimeiro, Lourinhã, Patriarcado de Lisboa. Fez os estudos primários e secundários no Externato de Penafirme, seguindo-se o curso Filosófico-Teológico nos Seminários do Patriarcado de Lisboa. Estudou na Universidade Pontifícia Gregoriana, sendo aluno do Colégio Pontifício Português. Obteve o Doutoramento em Teologia Fundamental.

Foi ordenado presbítero a 4 de julho de 1987 no Patriarcado de Lisboa, onde exerceu funções de Vigário Paroquial, membro da equipa formadora do seminário maior de Cristo Rei (Lisboa), Diretor do Semanário Diocesano “Voz da Verdade”, Professor na Faculdade de Teologia da Universidade Católica Portuguesa, Responsável da Comissão Diocesana para o Diaconado Permanente, Reitor do Seminário Maior de Cristo Rei (Olivais) e Diretor do Departamento de Informação do Patriarcado de Lisboa. Foi ainda Reitor do Colégio Pontifício Português, em Roma.

D. Nuno Brás, Bispo Auxiliar de Lisboa até à presente data, escolheu como lema episcopal “In Verbo Tuo” (Na Tua Palavra). São palavras suas na mensagem que dirigiu no dia da sua Ordenação Episcopal no Mosteiro dos Jerónimos a 20 de novembro de 2011: «Pedi a Deus que também agora e pelo resto da minha vida, ajudado pela Graça divina e pela amizade, oração, encorajamento e colaboração fraterna de todos, eu seja capaz de responder como S. Pedro: “in verbo tuo laxabo rete” – na Tua Palavra, por causa dela, e apesar de todas as minhas dificuldades e incapacidades; na Tua Palavra, com a ousadia da fé que só ela é capaz de suscitar; na Tua Palavra lançarei as redes».

 

Lisboa, 12 de janeiro de 2019

P. Manuel Joaquim Gomes Barbosa, Secretário da CEP