Cada país celebra a Santa Missa num dia de Quaresma – Comunicado do CCEE – 16.02.2021

Com início na Quarta-feira de Cinzas, e durante todo o tempo da Quaresma, os Presidentes das Conferências Episcopais da Europa convidam as pessoas a rezar pelas vítimas da pandemia.

Em muitas ocasiões, os bispos da Europa uniram as suas vozes às do Papa Francisco para reiterar a proximidade da Igreja a todos aqueles que lutam por causa do coronavírus: as vítimas e as suas famílias, os doentes e os profissionais de saúde, os voluntários e todos aqueles que se encontram na linha da frente neste momento tão delicado.

Agora, ao longo do tempo da Quaresma, lançam uma rede de oração, uma cadeia eucarística, para as mais de 770.000 pessoas que na Europa morreram por causa da Covid-19.

“Considerámos juntos a oportunidade, ou mesmo o dever, de recordar na Santa Missa as vítimas, as muitas vítimas da pandemia” – disse o Cardeal Bagnasco na sua mensagem de lançamento desta iniciativa. “Cada Conferência Episcopal da Europa comprometeu-se a organizar pelo menos uma Missa: será como criar uma corrente de oração, uma corrente eucarística em memória e em sufrágio de tantas pessoas. Nesta oração queremos também recordar as famílias que sofreram o luto e todos aqueles que neste momento ainda são atingidos pela doença e estão incertos sobre as suas vidas”.

A iniciativa, que envolverá todas as Conferências Episcopais da Europa de acordo com o calendário anexo, quer oferecer um sinal de comunhão e de esperança a toda a Europa: “nós, os Bispos da Europa” – acrescenta o Presidente do CCEE – “estamos todos unidos às nossas comunidades cristãs, aos nossos sacerdotes, gratos a todos aqueles que continuam a dedicar-se às pessoas mais necessitadas, para apoiar com a nossa palavra, e sobretudo com a nossa oração, o seu empenho para que possamos olhar juntos para um futuro melhor”.

[Tabela dos Países]